Polimento de piso

Fazer o polimento de piso é algo possível tanto no momento da aplicação, quanto para a manutenção adequada. No primeiro caso, o objetivo é obter um pavimento brilhante e bonito. No segundo, o propósito é conservar essas características pelo maior tempo possível. Na manutenção, o polimento ainda garante a segurança dos usuários que utilizam o espaço.

Antes mesmo deste cuidado, contudo, é importante saber que piso escolher. Existem materiais mais indicados para a instalação em espaços com grande circulação de pessoas. Outros são mais “frágeis”, e por isso sugeridos para espaços com tráfego mais brando. Ter atenção a estes pontos garante que o piso escolhido terá maior durabilidade.

Polimento de piso: mármore e granito

Mármore e granito são muitas vezes confundidos pelos consumidores. Contudo, o primeiro é menos poroso, e por isso mais liso e brilhante. O mármore é um piso frio, de grande durabilidade, e que requer cuidados constantes. Isso porque, ele é bastante suscetível a arranhões, assim como a escorregões. Logo, ele é mais indicado para ambientes residenciais.

Por outro lado, pisos de granito são mais porosos, mas menos sujeitos a arranhões. Ele tem grande resistência a produtos químicos.

Ambos os pavimentos podem ser facilmente limpos com água e sabão, apesar de o granito ser mais suscetível a manchas.

Para o polimento do mármore e do granito, são necessárias quatro etapas. A primeira é a raspagem, feita por meio de uma lixa grossa. A lixa retira crostas de sujeira do piso, e o nivela. Em seguida, é feita a reparação de rachaduras. Neste caso, é aplicada uma massa plástica na superfície, que preenche os espaços danificados.

Logo depois, vem o polimento em si. O processo é realizado por meio de pedras de grana fina, que não arranham o piso. Isso deixa a superfície bastante lisa. Para finalizar, é feita a impermeabilização do chão, o que o protege contra manchas.

Cerâmicas e porcelanato

Para o polimento da cerâmica e do porcelanato, os processos utilizados são bastante semelhantes. Para cada um, é sugerido o uso de produtos em pó específicos para esse cuidado. As máquinas polidoras facilitam bastante a revitalização do pavimento.

O piso cerâmico é um dos mais utilizados no Brasil, especialmente nas residências. Ele é indicado para espaços de pouca circulação, e conta com enorme variedade de cores e desenhos disponíveis no mercado. Sua manutenção diária é simples, e é indicado que o piso passe por polimento a cada 12 meses.

Já o porcelanato é mais resistente, e vem ganhando espaço por sua enorme beleza. Seus quadros são também maiores, o que otimiza sua instalação durante a construção do imóvel. O item é produzido por meio da mistura entre argilas, feldspatos, areia e outros materiais. Assim como a cerâmica, sua manutenção diária é simples, podendo ser feita com água e sabão neutro.

Outros tipos de piso também requerem polimento, como o concreto e o epóxi. Seja qual for o caso, o ideal é que o processo seja realizado por empresa especializada. Isso vai garantir um visual novo e bonito após o polimento de piso.

Leave A Reply

Your email address will not be published.